Como Evitar que Seu Pet Destrua os Móveis da Casa
1 de setembro de 2016
Tosse dos Canis
1 de setembro de 2016
Exibir Tudo

Como Socializar Cães?

A Socialização Trouxe o Cão até os Humanos

Segundo Darwin, os mais aptos são aqueles que conseguem se reproduzir e dar continuidade à espécie. Ao contrário dos lobos selvagens, a raça dos cães conseguiu manter-se viva por se adaptar aos seres humanos, estando presente em caças e oferecendo proteção. Como consequência ganhavam alimento, abrigo e principalmente, a lealdade de seus  donos.

O vínculo estabelecido entre cães e seres humanos foi intensificado com o passar dos séculos, tornando-se uma relação muito íntima que, mesmo que sem a intenção, foi retirando aos poucos toda a sociabilidade do pet.

Todo Cão Precisa Socializar

Um cão feliz consegue socializar com outros cães, com outros animais e com os seres humanos ao seu redor sem grandes esforços, porém, muitos cães convivem apenas com seus donos, e quando expostos em situações de socialização ficam estressados, podendo até mesmo demonstrar agressividade.

Ensinar seu pet a conviver com outros animais é um fator muito importante e pode ser praticado em qualquer fase da vida. A socialização de recém-nascidos é a mais importante, pois é quando o animal começa a compreender as estruturas sociais.

Socializando Filhotes

Durante as primeiras semanas é recomendado deixar o filhote com sua família, pois o contato com irmãos e principalmente com a mãe faz com que o cão estabeleça relações e que comece a entender sobre como pode se comportar junto a outros cães.

Como Introduzir o Cão ao seu Novo Lar

Ao levar o cão para o novo lar, é importante que ele seja apresentado aos poucos e com frequência para todos os membros da família, e isso inclui os outros animais da casa. Por estar conhecendo o mundo aos poucos, o excesso de informação pode deixar seu cão estressado, dificultando o processo de socialização. É importante estimular o contato com técnicas de reforço positivo, como por exemplo, o uso de petiscos.

Cães Adultos

Um cão adulto necessita de um período maior de adaptação para que ele se adeque aos outros cães. Levá-lo à parques para que ele apenas observe outros cães brincando é um exercício importante, pois somente assim ele começará a criar uma consciência da existência de outros animais e de como esses são inofensivos.

Erros Comuns

Não é recomendado começar a socialização com outro cão que não seja manso ou que tenha alguma tendência à agressividade. Confortar e fazer carinho em seu animal quando ele torna-se agressivo também é uma atitude errada, pois aquela ação será associada com reforço positivo.

Cães adultos possuem um maior receio de mudanças, por isso é necessário mais paciência e o constante uso estímulos positivos. Contudo, também é preciso saber os limites do cão e respeitar o seu tempo de desempenho.

Socializando na Rua

Para socializar com pessoas o processo é semelhante ao de socialização com os membros da casa, aproxime o cão de um amigo e incentive o contato com petiscos, dando comandos e fazendo com que o pet entenda que aquela pessoa não oferece mal algum.

Crianças

Caso pretenda socializar seu cão com crianças, é importante ter sempre uma forma de controlar o cão, como a coleira, e não desviar a atenção do animal. Caso perceba alguma reação estranha do animal, afaste-o, espere ele se acalmar e então retorne à socialização.

O uso de brinquedos e petiscos é um ótimo incentivo para essa interação, o vínculo deve ser estabelecido aos poucos e sempre monitorado por um responsável. Cães e crianças podem ser melhores amigos para a vida toda, basta estabelecer o contato da maneira correta.

Um Cão Mais Feliz

Poder brincar e conviver com outros cães e com pessoas faz com que seu cão sinta-se livre, conseguindo realizar atividades sem se estressar e se divertindo sem maiores preocupações. Quanto mais amigável for seu pet, maior será o entretenimento para todos.

Caso observe alguma resistência ao reforço positivo e à socialização por parte de seu pet, entre em contato com seu veterinário ou adestrador de confiança.