Como Evitar que Seu Pet Destrua os Móveis da Casa

Adestramento de Reforço Positivo
1 de setembro de 2016
Como Socializar Cães?
1 de setembro de 2016
Exibir Tudo

Como Evitar que Seu Pet Destrua os Móveis da Casa

Mastigar é Natural

Para nós humanos, o ato de tocar os objetos próximos sempre foi algo natural. Seja para sentir temperaturas, texturas ou vibrações, o tato é uma das principais formas de reconhecimento do ambiente. Os cães funcionam de maneira semelhante, porém, ao invés de se relacionarem com o espaço através das patas, eles utilizam o focinho e dão pequenas mordidas. Essas mordidas são naturais, fazem parte do instinto animal e não causam danos.

Contudo, conforme o pet cresce é necessário ensinar o que é certo e o que é errado, pois somente assim ele terá noções de suas limitações no ambiente onde vive. Muitas vezes, quando tais limites não são estabelecidos o cão sente-se demasiadamente livre, podendo utilizar a mobília da casa ou objetos pessoais como forma de entretenimento durante a ausência de seus donos.

Filhotes Descobrindo o Ambiente

Quando filhote, o cão começa a descobrir tudo o que existe ao seu redor. Assim como um bebê ele irá mastigar, cheirar e observar atentamente o quais sensações os elementos irão proporcionar.

O período da infância é onde os cães aprendem com maior facilidade o que é certo e errado, por isso intensificar o adestramento de reforço positivo nessa fase é essencial. Ao aprender desde cedo, seu pet não causará preocupações mais tarde, garantindo uma melhor qualidade de vida para todos.

Ansiedade da Separação

Um dos principais motivos de queixa entre os donos de cães é que, ao serem deixados sozinhos, seus filhos caninos acabam ficando muito ansiosos e descontando essa angustia nos móveis e em seus objetos pessoais.

A ansiedade da separação aflige a maioria dos pets domésticos, pois só estabelecem contato com seus donos. Nos momentos em que ficam sozinhos os cães tendem a acumular uma grande quantidade de energia e não ter onde gastá-la, aproveitando assim a mobília e os pertences de seus donos como forma de aliviar a ansiedade.

Outros Motivos para Seu Pet Mastigar a Mobília

Ao perceber as primeiras mordidas indevidas de seu pet é necessário tentar entender motivo pelo qual ele está agindo daquela forma. Alguns cães fazem isso por estarem entediados, outros fazem por estarem com excesso de energia, ainda existem os que sofrem e ficam ansiosos quando os donos estão distantes e por fim, também encontramos pets que buscam em objetos uma forma de cuidar de sua higiene bucal.

Os dentes que estão nascendo tendem a causar muito incômodo, assim como pequenos alimentos que se acumulam na gengiva. Esses pequenos detalhes não podem ser tratados com a facilidade humana, logo, para solucionar tais problemas alguns cães coçam a área bucal mordendo o que houver pela frente.

Como Evitar

A principal forma de evitar que seu cão morda objetos errados é ensinando o que o cão pode ou não morder através de adestramento de reforço positivo. Estimular seu pet a morder os brinquedos apropriados faz com que ele consiga relacionar seus próprios pertences como forma de diversão.

Deixar os brinquedos preferidos de seu pet e alguns ossos de roer faz com que existam distrações mais interessantes que móveis para o cão se entreter durante a ausência de seu dono.

Repelentes

Para tronar ainda mais desinteressante os móveis e poltronas da casa, basta passar uma camada diária de repelente na região em que seu cão consegue alcançar. O repelente deve ser especifico para o treinamento de cães, pois contém um gosto amargo e pode ser adquirido em pet shops e lojas especializadas.

Seu Pet irá Aprender Aos Poucos

Todo o processo de aprendizado é demorado e exige paciência por ambas as partes. Utilizar métodos homeopáticos durante o adestramento pode acalmar o pet e reduzir sua ansiedade.

Caso o seu cão não esteja respondendo bem aos estímulos, ou demonstre alto nível de ansiedade, é recomendado que entre em contato com nossa equipe de profissionais para que seja realizada uma avaliação detalhada de seu filho pet e para que possamos encontrar uma solução o quanto antes.