Adoção responsável de pet garante amor e carinho para animais abandonados

Videochamadas com o meu pet?
4 de janeiro de 2021
Seu pet está sendo bem alimentado? Veja as dicas
4 de fevereiro de 2021
Exibir Tudo

Adoção responsável de pet garante amor e carinho para animais abandonados

Para quem se dispõem em adotar um animal de estimação não existe sensação melhor do que chegar a casa depois de um longo dia de trabalho e receber as manifestações de amor e carinho de seu animalzinho. E essa demonstração vem em forma de lambidas, cheiradas e pedidos de colo. É claro que também é delicioso passar uma tarde de sol em um passeio com seu novo amigo em um parque ou praça. E se há crianças em casa, a alegria é ainda maior.

Além de tudo isso, um animal de estimação renova os ânimos na residência e alegra toda a família quando aprende uma nova atividade.

Então, que tal adotar um animal e salvar uma vida? Sim, os cães e gatos abandonados nas ruas correm riscos e vivem em péssimas condições de saúde e higiene, passam frio e fome antes de serem resgatados por Organizações não Governamentais (ONGs) que cuidam deles até que sejam adotados.

Mas, antes de adotar um novo integrante para sua família, é preciso ter em mente que é uma grande responsabilidade tirar um animalzinho das ruas e leva-lo para o seu lar, já que ele precisará de conforto, tranquilidade e muitos cuidados especiais.

Então, ao pensar em adoção, primeiramente é bom definir que tipo de animal quer levar para casa, pois ele precisará de espaço para brincar, viver e descansar tranquilamente. O recomendado é que as pessoas que residem em apartamento tenham redes de proteção nas janelas e sacadas – principalmente se for adotar um gato, pois eles são curiosos, exploradores e pulam por todos os cantos.

E no caso de adotar um cão ou um gato, é essencial ter em mente a idade do animal, pois os filhotinhos precisam de cuidados extras com a alimentação e também precisam de diversas vacinas nessa fase da vida.

Já os cães adultos podem precisar de mais paciência quanto ao adestramento, pois podem possuir alguns costumes adquiridos na rua ou em outras residências.

Também é bom lembrar que cada raça de cão possui características diferentes. Mas, na maior parte dos casos, os bichinhos que estão para adoção são chamados de SRD – os sem raça definida. Esses cãozinhos são uma mistura de várias raças e, por isso, possuem uma saúde mais resistente e são espertos, ativos e muito inteligentes.

E não se preocupe com a entrevista que os abrigos fazem para os candidatos a adoção. Afinal os bichinhos precisam ir para um lar em que serão bem tratados e é preciso saber se os tutores estão aptos a um novo membro na família.

Se ainda restam dúvidas sobre a adoção, procure os abrigos. E se achar que não consegue adotar um pet, poderá contribuir com doações de rações, medicamentos e produtos de higiene animal.