Adestramento de Reforço Positivo

A Relação de Seu Cão com Fogos de Artifícios e Trovões
1 de setembro de 2016
Como Evitar que Seu Pet Destrua os Móveis da Casa
1 de setembro de 2016
Exibir Tudo

Adestramento de Reforço Positivo

A Importância de Adestrar Seu Cão

Adestrar um cão não é uma tarefa fácil, os métodos tradicionalmente utilizados envolvem pulso firme do adestrador e trabalham uma relação de medo entre o animal e seu dono. Embora tenham se mostrado efetivos, os métodos que envolvem violência se tornaram antiquados, e até mesmo o uso de enforcadores deve ser evitado quando tentamos adestrar um cão.

Muitos cães tem relutância em relação a um adestrador profissional, tanto por se tratar de uma pessoa desconhecida, como pela relação de domínio do ser humano com o animal. Para evitar esse estresse em seu pet e garantir que ele esteja bem treinado e preparado para lidar com várias situações, foi elaborada uma nova forma de adestramento utilizando a técnica de reforço positivo.

Como Funciona o Reforço Positivo?

Essa técnica tem como base o incentivo por parte do dono em atitudes corretas do cão, já as atitudes negativas são ignoradas, fazendo com que, aos poucos, o pet compreenda que não há vantagem alguma em se comportar dessa forma. Esse treinamento não envolve gritos, brigas, nem atitudes agressivas, basta apenas condicionar seu cão a compreender o que é certo e o que é errado.

Um cão adestrado pelo reforço positivo tende a se relacionar melhor com outras pessoas e até mesmo com outros animais, pois é a relação com o outro que irá estabelecer seus limites. Além disso, o cão irá se divertir com o treinamento e não se sentirá reprimido, estabelecendo uma relação de parceria e confiança, pois seu pet estará sendo tratado como um filho e respeitado como tal.

Comandos Diretos e Recompensas

O processo de adestramento é simples e pode ser realizado com os petiscos favoritos de seu pet. Procure um local onde não haja distrações para o cão, em seguida, utilize comandos curtos e diretos, como “senta!” “deita!”, quando o cão obedecer ao comando corretamente, retire um petisco do bolso e ofereça a recompensa logo em seguida. O retorno instantâneo é necessário para que o animal faça a associação de sua atitude com o petisco.

O mais importante desse treinamento é persistir e não reforçar atitudes negativas do seu pet. É necessário prestar atenção para o que seu cão considera como recompensa. Alguns animais gostam de petiscos, outros preferem carinho, varia de cão para cão.

Inclusive, não é recomendado que se faça carinho em um animal para “acalmá-lo” após ele ser agressivo, pois esse tipo de atitude reforça a postura negativa.

Qualquer Um Pode Colaborar

O processo de adestração por reforço positivo é gradual e exige paciência, porém pode ser realizado por qualquer membro da família, o que torna a atividade mais divertida e diversificada. Muitas vezes o cão não irá reagir aos petiscos, pois acabou de se alimentar. Por isso é importante ter uma diversidade de recompensas e não ficar apenas na troca por comida.

Embora o processo seja mais rápido quando realizado com o animal ainda filhote, cães adultos reagem muito bem ao reforço positivo. Basta recompensá-lo pelo certo e ignorar suas atitudes erradas, com o tempo ele perceberá o que é vantajoso e irá parar com o comportamento negativo.

Ensine Truques para Seu Pet

O reforço positivo também é um ótimo instrumento para ensinar truques ao seu cão, como dar a pata, rolar e até andar de skate. Se o adestrador e o pet estiverem se divertindo com o reforço positivo, as opções de ensinamentos são infinitas.

O reforço positivo é uma técnica fácil de simples de adestrar seu pet, caso perceba algum estresse ou rejeição ao treinamento, o Hospital Veterinário Pet Son recomenda buscar a ajuda de um adestrador profissional e entrar em contato com seu veterinário de confiança.